Páginas

sábado, 26 de fevereiro de 2011

PERGUNTAS SOBRE A TENTAÇÃO DE JESUS

Tentação: Indução para o mal por influência da natureza pecaminosa, do diabo e do mundo.

Provação: Ato ou efeito de provar (demonstrar, evidenciar, testar); situação aflitiva; tribulação.

APROFUNDANDO O ESTUDO SOBRE A TENTAÇÃO DE JESUS

Os textos básicos para o estudo sobre a tentação de Jesus encontram-se em Mateus 4:1-11, Marcos 1:12,13 e Lucas 4:1-13. Antes de prosseguirmos analisando o texto, temos uma pergunta interessante:
Por que Jesus foi tentado?
1. A tentação de Jesus serviu para comprovar que a aprovação do Pai era merecida. Jesus é, de fato, o “Filho amado” que sempre faz o que agrada ao Pai;
2. Jesus expôs as táticas do inimigo e revelou-nos como ser vencedores ao sofrer tentações;
3. O primeiro Adão foi tentado num belo jardim e fracassou. O último Adão foi tentado num deserto perigoso e venceu. Adão tinha tudo o que necessitava, mas Jesus estava com fome.
“Todavia, a morte reinou desde o tempo de Adão até o de Moisés, mesmo sobre aqueles que não cometeram pecado semelhante à transgressão de Adão, o qual era um tipo daquele que haveria de vir. Entretanto, não há comparação entre a dádiva e a transgressão. Pois se muitos morreram por causa da transgressão de um só, muito mais a graça de Deus, isto é, a dádiva pela graça de um só homem, Jesus Cristo, transbordou para muitos!” (Romanos 5:14,15)

Vejamos um paralelo entre essas passagens e alguns questionamentos sobre o fato ocorrido:
Mt 4.1 Então Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo.
Mc 1.12 Logo após, o Espírito o impeliu para o deserto.
Lc 4.1 Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto,
Jesus foi levado pelo Espírito Santo ao deserto. Ele estava cheio do Espírito. Tinha acabado de ser batizado por João Batista (Mt 3).
Por que Jesus foi tentado após o batismo?
Depois das vitórias espirituais vêm sempre grandes provações. Exemplo disso foi o que ocorreu com o profeta Elias, que após a gloriosa vitória sobre os profetas de Baal (1 Reis 18:39-40), fugiu com medo de Jezabel (1 Reis 19:3).
Mateus reúne os depoimentos de cinco testemunhas quanto à pessoa de Jesus Cristo, afirmando que ele é o Filho de Deus e o Rei.
a) João Batista (Mt 3:1-15);
b) O Espírito Santo (Mt 3:16);
c) O Pai (Mt 3:17);
d) Satanás (Mt 4:1-11);
e) O ministério do poder de Cristo (Mt 4:12-25).

Mt 4.2 Depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome.
Mc 1.13a Ali esteve quarenta dias, sendo tentado por Satanás.
Lc 4.2 onde, durante quarenta dias, foi tentado pelo diabo. Não comeu nada durante esses dias e, ao fim deles, teve fome.
Jesus jejuou durante 40 dias e 40 noites, teve fome no fim dos dias
Por que Jesus foi levado para o deserto?
Deserto – este citado fica na região a noroeste do mar Morto, próximo a Jericó. Jesus estava sozinho, sem ninguém por perto para ajudá-lo. O alvo direto era a natureza humana de Jesus.
Aqui é feita uma analogia entre o povo de Deus, Israel, e Jesus. Ambos foram para o deserto, durante 40 anos e 40 dias respectivamente, o povo falhou na sua missão, porém Jesus venceu.

Mt 4.3 O tentador aproximou-se dele e disse: "Se você é o Filho de Deus, mande que estas pedras se transformem em pães".
Lc 4.3 O diabo lhe disse: "Se você é o Filho de Deus, mande a esta pedra que se transforme em pão".
Esta primeira tentação diz respeito ao amor e à vontade de Deus. Satanás insinua que havia algo de errado com o amor do Pai, uma vez que seu “Filho Amado” estava passando fome. Esta tentação não é muito diferente das palavras de Satanás a Eva em Gênesis 3. Se Deus a amasse de fato, compartilharia tudo com ela. O diabo se aproxima, vem sorrateiramente, no momento de maior aflição. Ele condiciona a posição de Jesus, quando diz “Se és filho de Deus ...”.
Por que o diabo questiona SE Jesus é mesmo o filho de Deus?
É uma expressão condicional. Satanás estava desafiando a autoridade e questionando a identidade de Jesus.
Por que o diabo pede para Jesus transformar pedra em pão?
Não havia nada moralmente errado em transformar pedra em pão; o que o diabo estava tentando Jesus a fazer era realizar um milagre fora do plano do Pai. Satanás pede que Jesus separe o físico do espiritual. Se Jesus tivesse feito isso teria usado seus poderes independentemente do Pai, e o Filho veio justamente para obedecer ao Pai (João 5:30).

Mt 4.4 Jesus respondeu: "Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus’".
Lc 4.4 Jesus respondeu: "Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem’ ".
Jesus responde na palavra, evocando um texto que tem a ordem para recordar os atos passados de Deus com o povo que havia saído do cativeiro no Egito de forma miraculosa, e vagava pelo deserto rumo à terra prometida. Deus supriu o seu povo com alimento no deserto (Êxodo 16).
Por que Jesus cita Deuteronômio 8:3 a parte “b”?
“Assim, ele os humilhou e os deixou passar fome. Mas depois os sustentou com maná, que nem vocês nem os seus antepassados conheciam, para mostrar-lhe que nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca do Senhor.”
Jesus se recusou a fazer qualquer coisa independente de Deus. Alimentar-se da Palavra de Deus é mais importante do que consumir alimento físico. Ao ler a Palavra e meditar nela, recebemos saúde e força espiritual para o ser interior, o que nos permite obedecer à vontade de Deus.

Não sabemos por que Lucas inverteu a ordem das duas últimas tentações, mas uma vez que não afirmou estar narrando os acontecimentos em sequencia, não é conflitante com Mateus. O termo “Então”, em Mateus 4:5, indica que a sequencia correta é a de Mateus.
Mt 4.5 Então o diabo o levou à cidade santa, colocou-o na parte mais alta do templo e lhe disse:
Lc 4.9a O diabo o levou a Jerusalém, colocou-o na parte mais alta do templo ...
O diabo leva Jesus até a cidade santa (Jerusalém) e o coloca sobre o pináculo do templo, esta expressão pode aludir a entrada mais alta do templo que tinha uma altura de cerca de cento e cinqüenta metros acima do vale de Cedrom.
Por que Jesus foi levado até o pináculo do templo?
Ele tentou Jesus a atrair a atenção das pessoas fazendo algo espetacular, e não por Sua mensagem ou Sua vida de retidão.

Mt 4.6 "Se você é o Filho de Deus, jogue-se daqui para baixo. Pois está escrito: ‘Ele dará ordens a seus anjos a seu respeito, e com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra’".
Lc 4.9b ... e lhe disse: "Se você é o Filho de Deus, jogue-se daqui para baixo.
Lc 4.10 Pois está escrito: ‘Ele dará ordens a seus anjos a seu respeito, para lhe guardarem;
Lc 4.11 com as mãos eles os segurarão, para que você não tropece em alguma pedra’".
Mais uma vez o diabo condiciona a pessoa de Jesus, colocando o termo “SE”. A segunda tentação é bem mais sutil, pois Satanás também usa a Palavra de Deus. Ao citar o Salmo 91, ele havia omitido astutamente as palavras “em todos os teus caminhos”.
Por que o diabo cita o Salmo 91:11,12, suprimindo um texto?
“Porque a seus anjos ele dará ordens a seu respeito, para que o protejam em todos os seus caminhos; com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra.”
A mera utilização de palavras bíblicas nem sempre revela a vontade de Deus, principalmente se elas são ditas em um contexto errôneo. Tentamos Deus quando procuramos fazê-lo cair em contradição com sua Palavra.

Mt 4.7 Jesus lhe respondeu: "Também está escrito: ‘Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus’".
Lc 4.12 Jesus respondeu: "Dito está: ‘Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus’".
Jesus responde com Deuteronômio 6:16, que faz referência a Êxodo 17:1-7.
Por que Jesus cita Deuteronômio 6:16?
Não ponham à prova o Senhor, o seu Deus, como fizeram em Massá.”
Neste texto o povo contendeu com Moisés, que julgou ser este um desafio à fiel misericórdia de Deus e uma prova de descrença em Sua provisão. O diabético que se recusa a tomar insulina e diz que Jesus cuidará dele está tentando o Senhor. Quando a pessoa se coloca deliberadamente em dificuldade e espera que Deus o salve, está tentando a Deus.

Mt 4.8 Depois, o diabo o levou a um monte muito alto e mostrou-lhe todos os reinos do mundo e o seu esplendor.
Lc 4.5 O diabo o levou a um lugar alto e mostrou-lhe num relance todos os reinos do mundo.
Jesus foi levado a um monte muito alto. O diabo mostrou os reinos do mundo e glória deles. Aquilo que foi entregue a ele.
Quem deu os reinos e a glória deles ao diabo?
Como príncipe deste mundo, Satanás possui certa autoridade recebida de Deus (João 12:31; 14:30). A oferta de Satanás para Cristo era válida, mas suas condições eram inaceitáveis, e o Salvador recusou. A sua afirmação é exagerada, pois ele tem muita influência sobre a terra, mas não a autoridade de conceder reinos.

Mt 4.9 E lhe disse: "Tudo isto lhe darei, se você se prostrar e me adorar".
Lc 4.6 E lhe disse: "Eu lhe darei toda a autoridade sobre eles e todo o seu esplendor, porque me foram dados e posso dá-los a quem eu quiser.
Lc 4.7 Então, se você me adorar, tudo será seu".
O diabo promete dar os reinos, caso Jesus se prostrasse e o adorasse. Satanás oferece a Jesus um atalho para o seu reino. Satanás estava oferecendo uma coroa sem a cruz. Jesus teria desfrutado de toda a glória sem qualquer sofrimento.
Por que o diabo pediu que Jesus se prostasse e o adorasse?
Satanás sempre quis tomar o lugar de Deus e ser adorado (Isaías 14:13,14). Jesus sabia que toda adoração implica servidão. Adorar a criatura em lugar do Criador é a mentira que governa nosso mundo nos dias de hoje. Satanás não disse coisa alguma sobre servir, mas Jesus sabia que servimos àquilo que adoramos. Se desejamos participar da glória, devemos participar antes do sofrimento. O sofrimento precede a glória.
“Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram a coisas e seres criados, em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém.” (Romanos 1:25)

Mt 4.10 Jesus lhe disse: "Retire-se, Satanás! Pois está escrito: ‘Adore o Senhor, o seu Deus e só a ele preste culto’".
Lc 4.8 Jesus respondeu: "Está escrito: ‘Adore o Senhor, o seu Deus e só a ele preste culto’".
Jesus manda o diabo se retirar. Jesus cita Deuteronômio 6:13 e 10:20.
Por que Jesus cita Deuteronômio 6:13 e 10:20?
“Temam o Senhor, o seu Deus, e só a ele prestem culto, e jurem somente pelo seu nome.”
“Temam o Senhor, o seu Deus, e sirvam-no. Apeguem-se a ele e façam os seus juramentos somente em nome dele.”
O Salvador sabia que apenas Deus é merecedor de adoração e somente Ele deve ser inquestionavelmente obedecido. Jesus nos mostra um padrão de batalha espiritual para hoje: Jesus resistiu a Satanás, usando a eficaz e poderosa Palavra de Deus.

Mt 4.11 Então o diabo o deixou, e anjos vieram e o serviram.
Mc 1.13b Estava com os animais selvagens, e os anjos o serviam.

Lc 4.13 Tendo terminado todas essas tentações, o diabo o deixou até ocasião oportuna.
O diabo deixou Jesus até outro momento. Em seguida, os anjos vieram servir a Jesus. Nenhum homem tem o direito de chamar outro a obedecer enquanto ele próprio não tiver obedecido. Uma vitória não garante jamais a liberdade de futuras tentações.
Por que o diabo deixou Jesus até ocasião oportuna?
Este foi apenas o primeiro encontro que Jesus teve com Satanás (Lucas 11:14-23); Satanás usou Pedro para tentar Jesus a abandonar a cruz (Mateus 16:21-23); por meio da multidão que havia sido alimentada, tentou Jesus a estabelecer seu reino da maneira mais fácil (João 6:15). Jesus saiu vitorioso do deserto, mas Satanás não desistiu.
Por que os anjos vieram e serviram a Jesus?
Nas ocasiões mais importantes da vida de Jesus, como na luta no Getsêmane, na ressurreição e na ascensão, Ele foi servido pelos anjos. E o próprio Jesus, falando a Natanael, disse que assim aconteceria: “Vereis o céu aberto e anjos de Deus, subindo e descendo sobre o Filho de Deus” (João 1:51). No ministério terreno de Jesus, estava o céu aberto e os anjos em atividade; por ocasião do seu aparecimento e durante a sua vida.


...

9 comentários:

Anunciadora de Sião disse...

é bom nos lembrar dEle cada vez que nos queixamos... será que seríamos capazes de amá-Lo até no deserto?
Deus te abençõe

JAAZIEL NICÁCIO disse...

Pr João Luiz, gostei muito deste estudo, que Deus continue vos abençoando.

Tâmaramore disse...

Muito edificante sua mensagem! Que Deus te abençoe!

Aline disse...

Muito bom esse estudo!

teogenes disse...

a paz do senhor jesus pastor seu estudo me levou a uma reflexão. o inimigo de Deus sempre estara querendo nos vencer atravez da tentação. e parece que esse assunto esta sumindo de alguns pulpitos de alguas igrejas.

Marcelo Oliveira disse...

Texto muito enriquecedor, pastor Luis!
Que o Senhor continue te dando sabedoria. Um grande abraço. Fique com Deus!

Blog do David Fausto disse...

Olá pastor Luis, é muito bom refletir sober esta passagem. Ela nos remete a natureza humana de Cristo. Como homem foi tentado pra nos provar que podemos vencer o inimigo, mesmo sendo homens, mas debaixo da autoridade do Espírito em nossas vidas.

David Fausto: http://davidfausto.blogspot.com/

escrituradaverdade disse...

Meu caro tenho uma questão para todos:
Servir a DEUS como se pode servir sem conhecer?
Será que realmente serves A DEUS?
E como conhecer?
Através da bíblia.
Então vou começar da seguinte forma:
Você sabe dizer qual foi o pecado de EVA?
Você sabe que luz era essa do primeiro dia da criação de Genesis?
(http://www.escrituradaverdade.blogspot.com)

***Lucy*** disse...

A Paz de Cristo,

Quero lhe dar os parabéns e glorificar ao Senhor Deus por sua vida. Essas frases refletem a ortodoxia bíblica, conhecimento sadio de profundas verdades extraídas das Escrituras. Tenho sido profundamente edificado com tais máximas e oro ao Senhor para que o amado irmão continue nessa caminhada, edificando, repreendendo, corrigindo, consolando e exortando o Corpo de Cristo. Ao amado em Jesus, deixo a amorosa exortação feita pelo escritor sacro:

"Porque Deus não é injusto para se esquecer da vossa obra, e do trabalho do amor que para com o seu nome mostrastes, enquanto servistes aos santos; e ainda servis." (Hebreus 6:10).

A propósito, caso ainda não esteja seguindo o meu blog deixo aqui o convite, acesse o link abaixo:

Fruto do Espírito

Minha Fan Page

P.S. Convido a conhecer o blog do irmão J.C.de Araújo Jorge.
Mensagens atuais, algumas polêmicas, porém abençoadoras...
Acesse e confira:
Discípulo de Cristo

Em Cristo,
***Lucy***